Renda Fixa

Renda Fixa Como Fica Com Os Aumentos Da Selic?

O COPOM (Comitê de Política Monetária) se reúne a cada 45 dias para definir alguns assuntos referentes às taxas gerais e no mês de Setembro de 2021, a taxa básica de juros (SELIC) passou para 6,25% ao ano, algumas. Logo, aplicações financeiras em renda fixa passaram a render um pouco mais e serem mais valorizadas.

Em alguns casos, a taxa SELIC possui relação direta, pois a carteira de investimento será influenciada pela taxa de juros para calcular os rendimentos. Neste artigo você verá como fica a renda fixa com os aumentos da SELIC.

O que é a taxa SELIC?

A taxa básica de juros da economia brasileira é chamada de SELIC e ela serve como uma referência oficial para o mercado financeiro realizar as definições de outras taxas, por exemplo, as taxas de empréstimos e financiamentos.

Ela é definida pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central. Este grupo realiza assembleias gerais a cada 45 dias para definir as variações dessa taxa – se ela permanecerá igual, se vai diminuir ou aumentar – e que pode influenciar em investimentos de renda fixa, por exemplo.

Existem diversos indicadores financeiros que podem influenciar essa decisão, além da própria situação econômica do país.

Como fica a renda fixa com os aumentos da SELIC?

Com a SELIC a 6,25% ao ano, os investimentos de renda fixa se tornam cada vez mais atrativos para os investidores. Porém, é importante pontuar que a rentabilidade real destes atrativos só poderá superar a inflação no final do ano, segundo especialistas e executivos do mercado financeiro.

O que potencializa essa ideia são os relatórios realizados pela Focus, do Banco Central, que estima que a SELIC termine o ano de 2021 a 7% – já que estamos superando as projeções de Agosto.

Com a economia reabrindo e a volta dos serviços que paralisaram por conta da pandemia de Covid-19, a recuperação global é inevitável e próspera e grande parte do mercado já até se recuperou. Logo, é possível observar como investimentos de renda fixa ganham maior espaço e este ciclo deve perdurar por bastante tempo.

Na prática, como a SELIC influencia os investimentos?

De maneira geral podemos dizer que a SELIC é a responsável por controlar a inflação, porém, como mencionamos, essa taxa também pode ter grande influência na vida dos investidores.

Confira de forma reduzida como essa taxa funciona:

  • quando a Taxa Selic aumenta – os preços ficam mais estáveis, os juros de empréstimos e financiamentos sobem, títulos de investimentos (como os de renda fixa) usam essa taxa como base fixa e os investimentos ficam mais lucrativos;
  • quando a Taxa Selic diminui – é mais comum o pedido de empréstimos e financiamentos, visto que a taxa tende a diminuir as porcentagens de juros dos bancos, títulos de empréstimo ficam menos atrativos.

Agora que você já viu como fica os investimentos de renda fixa com o aumento dessa taxa básica, confira também todas as informações cruciais para os seus investimentos de curto, médio e longo prazo aqui no blog Guelt Investimentos!

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Matérias relacionadas

FALE COM UM ASSESSOR

Cadastre-se e comece agora a construção do seu futuro